em 12x sem juros

Frete grátis

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Estoque disponível

Características principais

Marca
FuelTech
Modelo
ft600
Número de peça
3841

Outros

  • Com controle de ignição sequencial: Sim

  • Com controle de injeção sequencial: Sim

  • Com controle de corpo de borboleta eletrônica: Sim

  • Com controle de ignição por roda fônica: Sim

  • Com injeção de circuito fechado por sonda lambda: Sim

  • Origem: Brasil

  • OEM: 7982618214938

Descrição

- NOTA FISCAL
- 100% POSITIVO
- ENVIO NO MESMO DIA
- FRETE GRÁTIS
- MELHOR PREÇO

---------------------------------
BRINDES
---------------------------------
- CAMISETA modelo conforme estoque.
- ADESIVO FULL TURBOS
- CHAVEIRO FULL TURBOS
- CANECA TÉRMICA
--------------------------------
ITENS INCLUSOS:
---------------------------------

- 01 Injeção Eletrônica Fueltech FT600;
- 01 Módulo Fueltech Peak and Hold 8A / 2A;
- 02 Chicote
- 01 Sensor de ar;
- 01 Sensor de água;
- 01 Kit Brindes Exclusivo.

---------------------------------
DESCRIÇÃO DO PRODUTO:
---------------------------------
FUELTECH FT600
A FuelTech FT600 é a ECU com Dashboard integrado mais completa do Mercado. A FT600 é capaz de gerenciar injeção e ignição sequencial em motores de 1 a 12 cilindros (ou até 4 rotores). Com opção de mapas simplificados para facilitar os ajustes iniciais ou mapas 3D para aplicações extremamente detalhistas. Possui ajustes individuais de injeção e ignição por cilindro e funções exclusivas para facilitar a partida do veículo. Com um avançado e eficiente controle de injeção em malha fechada, a FT600 traduz toda a segurança necessária ao motor.

Construída sobre a plataforma Power FT da já consagrada FT500, a FT600 possui novidades como os novos conectores automotivos SUPERSEAL somando 68 pinos, acelerômetro interno, 2 portas CAN e a função GearController integrada. A FT600 conta ainda com um pacote de funções para arrancada consagradas no Brasil e no mundo como os controles por tempo, a função BoostController, PRO-NITRO.

Especificações:
- Controle de motores ciclo Otto de 1, 2, 3, 4, 5, 6, 8, 10 e 12 cilindros;
- Controle de motores Wankel (rotativos)de 2, 3 e 4 rotores;
- Controle de injeção em modo sequencial, semissequencial e multiponto;
- Controle de ignição por roda fônica ou distribuidor;
- Controle de ignição em modo sequencial ou centelha perdida;
- Controle de borboleta eletrônica (Drive-By-Wire);
- Controle de marcha-lenta por ponto de ignição e atuadores (borboleta eletrônica, motor de passo, ou válvula PWM);
- Malha fechada de injeção por sensor de oxigênio (sonda lambda);
- Mapas programáveis em tempo real diretamente na tela ou através do software FTManager;

Entradas:
- Entrada diferencial para sinal de rotação;
- Entrada diferencial para sinal de fase;
- 20 canais de entrada totalmente configuráveis - digitais e analógicos (sensores de temperatura, pressão, velocidade, posição, TPS, MAP externo, botões, chaves, etc.);
- 2 entradas de alta sensibilidade preferencialmente usadas para sensor de força de alavanca (strain gage);
- Escala de leitura dos sensores editável;
- Sensor de aceleração e giroscópio integrado;
- Sensor MAP interno de 7 bar absoluto (1 bar relativo ao vácuo e 6 bar de pressão positiva);
- 1 porta USB para comunicação com o computador e software FuelTech;
- 2 portas CAN FuelTech FTCAN 2.0 ou FTCAN 1.0 (comunicação com FuelTech WB-O2 Nano, FuelTech EGT-8 CAN, Racepak IQ3,Rede VNET, AiM,...);

Saídas:
- 32 canais de saída configuráveis:
- 16 saídas coletor aberto: Normalmente utilizadas para injetores de alta impedância (até 4 injetores por saída) - é possível utilizar até 32 saídas para injetores utilizando módulo externo FuelTech Peak and Hold;
- 8 saídas coletor aberto com fonte de corrente em 5V:
Normalmente utilizadas para ignição;
- 8 saídas PUSH-PULL ou HALF BRIDGE: Normalmente utilizadas para acionamento de motor de passo, borboleta eletrônica e cargas ativadas por 12V;

Controles de Injeção:
- Injeção sequencial para até 24 saídas;
- Malha fechada de injeção por sensor de oxigênio (sonda lambda);
- 2 bancadas de injeção (Bancada A e B);
- Mapa principal por MAP ou TPS por RPM;
- Mapa principal 3D avançado de até 32x32 pontos (tamanho e índices dos mapas totalmente configuráveis);
- Ou Mapa simplificado 2D de até 1x32 pontos por MAP ou TPS e correção por RPM de até 1x32 pontos(tamanhos e índices dos mapas totalmente configuráveis);
- Resolução do tempo de injeção 0,001ms;
- Ajuste de injeção rápido e de decaimento;
- Ajuste individuais de injeção por cilindro por MAP ou RPM;
- Compensação de injeção por:
- Temperatura do motor;
- Temperatura do ar;
- Tensão da bateria (individual por bancada);
- TPS;
- Mapa de partida do motor por temperatura do motor;
- Primeiro pulso de partida;
- Enriquecimento de combustível após partida;
- Compensação de combustível por marcha;
- Compensação de combustível na troca de marcha;
- Mapa de ângulo de fase de injeção;
- Compensação de deadtime de injetores por tensão da bateria;

Controles de Ignição:
- Ignição sequencial com bobina individual para até 12 saídas/cilindros;
- Ignição centelha perdida com bobina individual para até 8 saídas/cilindros;
- Ignição centelha perdida com bobina dupla para até 6 saídas/12 cilindros;
- Mapa principal por MAP ou TPS por RPM;
- Mapa principal 3D avançado de até 32x32 pontos (tamanho e índices dos mapas totalmente configuráveis);
- Mapa simplificado 2D de até 1x32 pontos por MAP ou TPS e correção por RPM de até 1x32 pontos (tamanho e índices dos mapas totalmente configuráveis);
- Resolução do ângulo de ignição 0,01º;
- Ajuste de ignição individuais por cilindro;
- Compensação de ponto por temperatura do ar;
- Compensação de ponto por temperatura do motor;
- Compensação de ponto de ignição por marcha;
- Compensação de ponto de ignição na troca de marcha;

Painel de Instrumentos / Computador de Bordo:
- Tela com painel de instrumentos com gauges de diferentes tamanhos e estilos que podem ser utilizados com qualquer sensor presente no equipamento;
- Barra superior com 10 LEDs RGB para exibição de RPM com cores e valores configuráveis;
- 4 LEDs RGB laterais que podem ser acionados combinados de até 3 condições;
- Painel de diagnóstico com informações em tempo real de todas entradas, saídas, CAN, eventos de estado;

Datalogger Interno:
- Gravação de múltiplas sessões (arquivos) de log e até 256 canais;
- Modo simples com taxa e amostragem geral de 25, 50, 100 ou 200Hz;
- Modo avançado permite configuração individual da taxa de amostragem por canal de 1, 5, 25, 50, 100 ou 200Hz;
- Acionamento automático por RPM, botão na tela ou botão externo;
- Capacidade de armazenamento de 2h50min (24 canais a 25Hz);
- Software FTManager Datalogger para visualização e comparação de logs;

Funções de Arrancada:
- Modo burnout, 2-step, 3-step;
- Mapa de ignição para corte de arrancada;
- Acionamento de 2-step por velocidade ou pressão/posição da embreagem;
- Controle de rotação por tempo através de atraso ou corte de ignição;
- Controle de velocidade por tempo através de atraso ou corte de ignição;
- Atraso ou avanço de ponto por tempo;
- Enriquecimento de combustível por tempo;
- Função PRO-Nitro para até 6 estágios com controle de acionamento, enriquecimento de combustível e mapas de pontos de ignição;
- Saída para troca de marcha;
- Saída ativada por tempo;
- Controle de alinhamento;
- Controle de Wheelie;

Outras Funções:
- GearController integrado: corte de ignição para troca de marcha usando sensor de força na alavanca;
- BoostController integrado: controle de pressão na válvula wastegate;
- Controle de lenta por ponto e por atuador;
- Corte de combustível na desaceleração (cut-Off);
- Acionamento de ate dois eletroventiladores por temperatura do motor ou ar-condicionado;
- Controle de acionamento de ar-condicionado;
- Controle temporizado da bomba elétrica de combustível;
- Acionamento de comando de válvulas variável (VTEC);
- Controle de nitro progressivo com enriquecimento de mistura e retardo de ponto;
- Saída auxiliar por PWM;
- Saída ativada por MAP;
- Diferentes opções para detecção de marcha;

--------------------------------------------------------------------

FUELTECH PEAK AND HOLD 8A 2A

Descrição

O Fueltech Peak and Hold é um driver de acionamento de 4 canais para injetores de baixa e alta impedância que aplica potência máxima na abertura do bico injetor diminuindo o tempo de resposta e velocidade garantindo linearidade dos injetores.

O bico injetor é um solenoide que funciona como uma válvula, liberando ou bloqueando o fluxo do combustível da linha de combustível para a admissão do motor.
Um injetor pode estar totalmente aberto ou totalmente fechado. A determinação da quantidade de combustível injetada é feita pelo tempo que ele permanece aberto ou fechado em cada ciclo de rotação.
Existe um pequeno período de tempo em que a agulha do injetor ainda não abriu mecanicamente para a passagem do combustível, que é chamado de tempo morto ou deadtime.
Os injetores mais antigos e os de grande vazão modernos necessitam maior esforço elétrico para o acionamento, chamados de injetores de baixa impedância que normalmente possuem menos de 7 ohms.
Os injetores mais modernos e de menor vazão, possuem construção mais simples e acionamento com menos energia, chamado de injetor de alta impedância que normalmente possui entre 7 e 20 ohms.
O acionamento de bicos de baixa impedância deve ser feito através de um controle de corrente ativo, onde é aplicada uma corrente maior, com potência máxima, até que a agulha abra mecanicamente (corrente de pico, Peak) e então a corrente é limitada em 25% da corrente inicial para manter o bico aberto pelo tempo determinado de injeção (corrente de segurar o injetor aberto, Hold).

Quais as vantagens de utilizar o módulo Peak And Hold Fuetech?

- Aplicando-se a potência máxima durante a abertura do bico injetor consegue-se diminuir o tempo morto do mesmo, melhorando a velocidade de resposta e garantindo uma linearidade de todo o conjunto de injetores.

- A limitação da corrente nominal a um valor de 1/4 da corrente de abertura é necessária para evitar que a bobina do injetor queime por excesso de potência, diminuindo o aquecimento do mesmo e prolongando sua vida útil.

- A limitação da corrente nominal também é muito importante no momento do fechamento do injetor, pois quanto menor a energia armazenada na bobina do bico, menor será o tempo necessário para o solenoide fechar mecanicamente. Com isso consegue-se uma linearidade da injeção de combustível mesmo que o injetor esteja funcionando já com 70% a 80% por cento da sua capacidade, onde neste momento ele tem muito pouco tempo para abrir e fechar.

- Quando a bobina está carregada em excesso, causada, por exemplo, por um controle errado da corrente de HOLD ou quando esse controle simplesmente não existe, o injetor, muito antes de atingir 100% de sua abertura, tranca aberto, perdendo-se toda a capacidade de operar acima da faixa de 70% de abertura.

Este equipamento possui um controle preciso de corrente e não sofre alterações do controle de corrente por variações de tensão da bateria, garantindo um controle perfeito em qualquer situação ou anomalia do sistema elétrico do veículo.

Peak and Hold de 8A/2A:
Cada canal deste modelo de Peak and Hold aciona um bico com impedância menor que 1 ohm.
Este módulo pode ser utilizado para acionar até 8 injetores (2 em paralelo por canal, impedância entre 1 ohm e 3 ohms).
É possível ainda acionar até 16 bicos (4 em paralelo por canal, impedância acima de 3 ohms). Neste caso usa-se os bicos Bosch de 160lb/h.

Peak and Hold FuelTech
Pode ser acionado por qualquer módulo de injeção, inclusive módulos originais.

Itens Inclusos:
- 01 Módulo Fueltech Peak and Hold 8A / 2A;
- 01 Chicote de 2 metros para instalação;
- 01 Manual de instalação e operação

Garantia do vendedor: 1 anos